Seu navegador não suporta javascript!

Expedição Chapada dos Veadeiros a Terra Ronca em 7 dias

 

O Parque Estadual de Terra Ronca insere-se no domínio morfológico do Planalto Central Brasileiro , no extremo noroeste de Goiás, na divisa com a Bahia. É composto por inúmeras cavernas cobertas por um rico sistema de espeleotemas. As nascentes e as encostas de rios de águas límpidas que correm dentro e fora das grutas, além da diversificada fauna e flora, oferecem um espetáculo a parte, pela inumerável vastidão de espécies, algumas inclusive endêmicas e raras, como é o caso do periquito Pyrrhura pfrimeri.
O maior atrativo turístico do Parque Estadual de Terra Ronca são as cavernas, que atraem espeleólogos, turistas, aventureiros e curiosos de todas as partes do mundo.
Dentro das cavernas, a fauna é única, são encontrados peixes - da família do bagre, com características morfológicas e fisiológicas próprias, como atrofia dos órgãos de visão, despigmentação e outras - que representam não apenas curiosidades vivas de uma fauna ameaçada de extinção, mas um patrimônio genético inigualável para estudos sobre a evolução biológica das espécies.
 
 
Primeiro Dia 
Receptivo no Aeroporto de Brasília.
Transfer para Chapada dos Veadeiros – (230 km) – aproximadamente 3 horas de viagem.
Check in na pousada.
Brieffing – apresentação do roteiro e informações sobre as atividades, incluindo explicação sobre as roupas e equipamentos a serem usados nas trilhas, e o suporte oferecido pelo receptivo local.
 
Segundo Dia -   Vale da Lua e Portal da Chapada 
Após o café da manhã, saída para o Vale da Lua, fazendo uma parada no Jardim de Maytreia. 
O Jardim de Maytreia é uma vereda emoldurada por fileiras de Buritis e pelas montanhas. Está dentro do Parque Nacional e é o lugar mais fotografado da Chapada dos Veadeiros.
O Vale da Lua é um dos lugares mais fantásticos do Brasil e o mais visitado da  Chapada. As rochas, de cor acinzentada, adquirem outras tonalidades de acordo com a luz do sol. O Rio São Miguel aparece e se esconde entre as rochas esculpidas em forma de conchas e panelões.  A entrada fica a 30 km de Alto Paraíso, pela estrada que vai para São Jorge. A trilha de 600m é fácil, podendo ser feita também por idosos e crianças.
No Portal da Chapada é possível percorrer uma trilha ecológica interpretativa até a Cachoeira de São Bento. A caminhada pode ser pela trilha suspensa, de madeira, com 2.8 km de extensão, ou por uma pequena trilha de 200m. Ao lado da trilha de madeira, as árvores são identificadas com placas com os nomes populares e científicos. É também local excelente para birdwatching (observação de pássaros), tendo sido registradas e fotografadas 93 espécies no local. Localizado a 8 km de Alto Paraíso, na margem esquerda da GO 239, o lugar é de fácil acesso por via asfaltada.
- almoço no final da tarde, após o passeio.
- lanche de trilha incluso.
 
Terceiro Dia - Parque Nacional da Chapada - Saltos do Rio Preto
A trilha para os Saltos do Rio Preto tem 6 km, passando por campos rupestres com várias plantas típicas, um lindo visual da ponta oeste da Serra de Santana. Chega-se primeiro ao Mirante do Salto de 120 metros. Após uma pausa para admirar a cachoeira, segue-se por uma trilha que, em alguns pontos, margeia o Rio Preto até a cachoeira de 80 metros, com um magnífico poço para banho. No retorno, um belo banho nas corredeiras. Trilha considerada de dificuldade médio/difícil.
- Lanche de trilha incluso.
- Almoço após o passeio, no Povoado de São Jorge.
O passeio duranção de aproximadamente 8 horas.
 
Quarto Dia  - Caverna da Angelica
Após o café da manhã, transfer de 150km até São Domingos, município onde se localiza o Parque Estadual de Terra Ronca. 
Após o almoço em São Domingos, saída para o Parque Estadual de Terra Ronca (50km).
No Parque, a primeira visita é à Caverna da Angélica, uma das mais belas e adornadas do complexo, com 14km de desenvolvimento e inúmeros espeleotemas. O passeio percorre os primeiros 2km da Angélica.  
Após a visita à gruta, partida para São João, o vilarejo mais próximo do Parque. 
- Hospedagem e jantar na pousada São Matheus, próxima ao Povoado.
- lanche de trilha incluso.
 
Quinto Dia - Gruta de Terra Ronca
Após o café da manhã, transfer de 6 km até a Caverna de Terra Ronca, atrativo que dá nome ao Parque. Tem grande importância para a economia local. Na entrada da Caverna existe um altar dedicado a Nossa Senhora da Abadia, polo de romarias anuais, no período de 01 a 10 de agosto.
O percurso dentro da caverna tem aproximadamente 8 km (ida e volta), passando pelo Oco das Araras e chegando ao Salão dos Namorados, de beleza incomparável, com 500 m de diâmetro e aproximadamente 100m de altura, completamente adornado por imensas estalactites e estalagmites, colunas, ninhos de pérolas calcárias (aeólitos), flores de aragonita e travertinos.
- lanche de trilha incluso.
- Jantar e pernoite.
 
Sexto Dia - Gruta de São Bernardo
Após o café da manhã, transfer de 10 km para a gruta de São Bernardo. Com uma caminhada de aproximadamente 1.500m, chega-se à boca da caverna. O percurso dentro da caverna, que atravessa algumas vezes o rio subterrâneo, onde a água pode chegar até a cintura, passa por cortinas de travertino, grandes estalactites e estalagmites, até chegar ao Salão de Pérolas (pedras roladas de calcita). Na entrada da gruta pode-se avistar araras vermelhas. 
- à tarde, banho na Cachoeira de São Bernardo.
- lanche de trilha incluso.
- jantar na pousada e pernoite.
 
Sétimo Dia 
Após o café da manhã, check out na pousada e transfer para o Aeroporto de Brasília.
 
Inclui: 
- transfer in/out a partir de Brasília.
- 04 diárias em pousada na cidade de Alto Paraíso.
- 03 diárias em pousada em São Mateus / Terra Ronca. 
- 06 refeições.
- 06 lanches de trilha.
- Passeios descritos no roteiro, com so respectivos traslados locais, acompanhamento de guia especializado e ingressos dos atrativos.

TOPO